RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM

RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM
RIO GRANDE DO NORTE

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

JUIZ DA LAVA JATO NO RIO EXPEDE MANDADOS EM DESMEMBRAMENTO DA OPERAÇÃO PONTO FINAL.

Um mandado foi cumprido contra um empresário em Curitiba, no Paraná. Nesta terça, o juiz aceitou 2 denúncias contra Cabral e outros 23 suspeitos de corrupção no setor de transportes do RJ.

O juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Criminal Federal, no Rio, expediu mais dois mandados de prisão contra dois empresários ligados ao esquema de corrupção envolvendo a Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio de Janeiro (Fetranspor). Na manhã desta quarta (9), um dos mandados foi cumprido contra o empresário contra Nuno Canhão Bernardes Gonçalves Coelho, em Curitiba, no Paraná.
A ação é um desmembramento da Operação Ponto Final, da Lava Jato. Nesta terça (8), o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (PMDB) virou réu pela 14ª vez na Lava Jato. O juiz Marcelo Bretas aceitou as duas denúncias apresentadas pelo Ministério Público Federal nesta terça-feira (8). Além de Cabral, também viraram rés outras 23 pessoas.
Todos os denunciados pelo MPF foram investigados durante a Operação Ponto Final, que desvendou um esquema criminoso no setor de transportes do estado. Segundo os procuradores, só o ex-governador pode ter recebido aproximadamente R$ 145 milhões em propinas.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTÁRIO SUJEITO A APROVAÇÃO DO MEDIADOR.