RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM

RNPOLITICAEMDIA2012.BLOGSPOT.COM
RIO GRANDE DO NORTE

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

7º PRÊMIO "DESTAQUES DA MÍDIA": CERIMÔNIA DE ENTREGA DA COMENDA OCORRERÁ DIA 25 DE NOVEMBRO.

7º PRÊMIO “DESTAQUES DA MÍDIA” REUNIRÁ POLÍTICOS E SECRETÁRIOS DO CEARÁ, PARAÍBA, PERNAMBUCO E RIO GRANDE DO NORTE E OCORRERÁ DIA 25 DE NOVEMBRO.

Toda a classe política voltaram os olhos para o maior evento do gênero do interior do Rio Grande do Norte.
Já é tradição, faz parte do currículo dos vereadores, secretários e gestores municipais do RN e da Paraíba. E agora haveremos de expandir nossa festa anual. Teremos a honra de celebrar juntamente com parlamentares municipais do estados do Ceará e de Pernambuco.
Para isso, já criamos uma rede de informações com blogueiros, radialistas, jornalistas e demais profissionais de imprensa dos 4 estados, para que a partir de outubro, possamos, paulatinamente, iniciar a divulgação dos agraciados.
Apesar das dificuldades encontradas e dos "obstáculos plantados", a insistência da LOGOS é muito maior que qualquer adversidade.
Assim, agendem-se e trabalhem muito, por que dia 25 de novembro o palco da LOGOS voltará a ser o local mais desejado por 11 em cada 10 figuras públicas destas quatro unidades da federação.
O Prêmio “DESTAQUES DA MÍDIA”, que neste ano de 2017 estará em sua 7ª edição, tem como objetivo agraciar em cerimônia festiva, um vereador e um secretário municipal de cada cidade, além de 1 prefeito por cada Microrregião dos estados participantes.
Até 2014, eram homenageados somente, ocupantes de cargos públicos e secretários das cidades do Oeste potiguar. Já em 2015 e 2016, foram incluídos alguns municípios da Paraíba. E em 2017, vereadores de 21 Microrregião de municípios dos estados do Ceará e Pernambuco também farão parte da solenidade de entrega do Prêmio, sendo congratulados conforme indicações de profissionais de imprensa das cidades convidadas.
Criado pela LOGOS – Assessoria & Pesquisa de Gestão, em 2011, a entrega da Comenda tem como sede do evento festivo, a cidade de Alexandria, no Oeste do Rio Grande do Norte, cidade oriunda da empresa idealizadora.
Ainda essa semana divulgaremos as Microrregiões e respectivos municípios que participaram do 7º Prêmio "DESTAQUES DA MÍDIA".

RAQUEL DODGE PEDE SUSPENSÃO DE SEU AUXÍLIO-MORADIA E CAUSA REBULIÇO NA PGR.

Raquel Dodge enviou um ofício a Rodrigo Janot pedindo a suspensão imediata do pagamento de seu auxílio-moradia até que fosse analisada a LDO de 2017.
Em um dos trechos, o texto afirma ser vedado o pagamento do benefício a integrantes do Ministério Público Federal que não atenderem a critérios tais como ter sido transferido de cidade ou não possuir imóvel funcional disponível para atender o servidor.
O assunto vazou e gerou alvoroço em grupos de mensagens de procuradores, receosos de perderem o benefício.
Avaliaram que se a futura PGR abrisse mão do auxílio-moradia, a atitude poderia abrir caminho para a exclusão do pagamento não só dos procuradores federais, como também de outras carreiras do Judiciário.
Chegou a circular trecho da sua plataforma de campanha, na qual Dodge se comprometia a manter o pagamento do auxílio-moradia como é feito hoje.
Mas os procuradores podem ficar tranquilos. Janot encaminhou o assunto à Consultoria Jurídica da PGR, que respondeu não haver justificativa para a suspensão do pagamento.
Segundo o parecer, a LDO de 2017 não difere em nada das LDO's de anos anteriores, e faz restrições apenas pontuais.
Dodge não respondeu ainda se, sendo assim, quer manter suspenso o pagamento do seu ou não.

Fonte: Juliana Braga - Lauro Jardim/O Globo

DELAÇÃO DE RITA DAS MERCÊS ACERTA TODO MUNDO.

O acordo de colaboração premiada da ex-procuradora da Assembleia Legislativa com o Ministério Público Federal envolve personalidades de todos os poderes do RN.
Além de Robinson Faria atual governador citado em relação a sua gestão na Assembleia Legislativa, também são citados na delação personalidades do TJ/RN, do MP/RN, do TCE e políticos de diferentes partidos e estatura.

Fonte: Blog do BG

BOLSONARO FICA INELEGÍVEL APÓS MANTER CONDENAÇÃO POR OFENSAS A MARIA DO ROSÁRIO? NÃO É VERDADE.

Notícia tem se espalhado na web. Deputado federal foi condenado com base em ação cível de indenização por danos morais, hipótese não prevista na Lei da Ficha Limpa.

Circula nas redes sociais a informação de que o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) ficou inelegível após decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que manteve a condenação dele por ofensas à deputada Maria do Rosário (PT-RS). Não é verdade.
A decisão do STJ não afeta os direitos políticos do parlamentar e ele não se torna inelegível porque a lei da Ficha Limpa não se aplica a casos na esfera cível. Bolsonaro é um dos nomes cogitados para disputar a Presidência da República em 2018.
A condenação de Bolsonaro foi em uma ação de indenização por danos morais movida contra ele por Maria do Rosário. Em 2015, o Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJ-DF) condenou Bolsonaro a pagar uma indenização de R$ 10 mil à deputada por danos morais. Ele recorreu. O STJ, no entanto, confirmou a condenação imposta pelo TJ-DF.
A Lei da Ficha Limpa diz que ficam inelegíveis políticos condenados criminalmente em decisão transitada em julgado ou proferida por órgão judicial colegiado. No entanto, a acusação que pesa contra Bolsonaro não se enquadra na lei.
Um dos autores da Lei da Ficha Limpa, o advogado Marlon Reis explica que Bolsonaro fica fora do alcance da lei porque a condenação foi com base em uma ação cível.
O ex-promotor eleitoral José Carlos Bonilha também afirma que Bolsonaro foi condenado em ação civil por danos morais, o que não gera as consequência da inelegibilidade.

Fonte: Roney Domingos/G1
Fotos: Gabriela Korossy e Luis Macedo/Câmara dos Deputados - Arte G1

TEMER DIZ QUE GOVERNO FAZ "EM 15, 16, 17 MESES O QUE NÃO FOI FEITO EM 20 ANOS".

Presidente afirma que nova meta de déficit fiscal evita aumento de impostos.

O presidente Michel Temer disse nesta quarta-feira que a revisão da meta de déficit fiscal, que subiu para R$ 159 bilhões em 2017 e 2018, vai contribuir para que o governo não aumente os impostos, possibilidade que era analisada pela equipe econômica até semana passada. Em encontro com investidores e executivos do mercado financeiro patrocinado pelo banco Santander, em São Paulo, Temer defendeu as reformas, disse que seu governo está fazendo em “15 meses o que não foi feito em 20 anos” e criticou a oposição que, em suas palavras, “não discute conteúdo nem o mérito” de suas medidas.
— Agora o Brasil tem rumo. E é essa pressa que move governo de apenas 15 meses, com mais 15, 16 pela frente. Estamos fazendo em 17 meses o que em 20 anos não se fez.
Na semana passada, também em visita a São Paulo, o presidente havia confirmado que a equipe econômica estudava aumentar o Imposto de Renda. Nesta quarta-feira, após dizer que não se considera um político populista, anunciou que não mexerá no assunto. O compromisso é possível porque, segundo Temer, além da revisão da meta de déficit, o governo anunciou o corte de 60 mil cargos do serviço público e adiou o reajuste de servidores por um ano.
— Até duas semanas se falava em aumento de imposto. E confesso que sempre tive certa resistência para tanto, salvo se for indispensável. E nessas conversações todas, não teremos aumentos de impostos, o que é importante para manter compromisso com trajetória de recuperação das contas públicas — afirmou o presidente.
No dia seguinte à revelação de que uma assessora da primeira-dama Marcela Temer, responsável pela rouparia, ganhou apartamento funcional, Temer falou mais de uma vez sobre cortar benefícios e privilégios de servidores públicos. Para o presidente, o governo está empenhado em acabar com benefícios recebidos por funcionários públicos que, somados aos salários, ultrapassam o teto, que é a remuneração de um ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). Uma proposta de emenda à constituição (PEC) para deixar claro que os benefícios também fazem parte do salário:
— O jeitinho brasileiro vai encontrando penduricalhos para ultrapassar o teto. Isso é que está sendo combatido. Se não fizermos isso por agora, vai se verificar que, em alguns anos, o Orçamento só servirá para arcar vencimento de servidor e Previdência.
No meio das referências às reformas, Temer criticou o papel da oposição no debate político. Como exemplo, citou a reforma do Ensino Médio, que provocou a ocupação de centenas de escolas em todo o País, mas, mesmo assim, foi aprovada.
— Esse é um dos grandes defeitos da cultura política. Em vez de fazer propostas, opõem-se ferozmente, como ocorreu com a PEC dos gastos públicos, chamada até de PEC da Morte. Eles não examinam mérito, não discutem conteúdo, fazem apenas objeção política.
Ao final da sua apresentação, Temer convidou a plateia a deixar o auditório com "a almas incendiadas" e espalhar por "cantos e recantos" os feitos do seu governo e as propostas de reforma da Previdência, simplificação tributária e a reforma política.
— A indústria está começando a tomar seu ritmo. É provável que cheguemos a 7,5% da taxa Selic até o fim do ano. Não seria demais pedir para setores do PIB brasileiro que fizessem publicações sobre a importância das reformas.
O presidente não respondeu às perguntas da imprensa.

Fonte: Tiago Dantas/O Globo

STJ PODERÁ AFASTAR ROBINSON FARIA DO CARGO DE GOVERNADOR.

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) poderá afastar o Governador Robinson Faria (PSD) do cargo, a partir da operação em curso iniciada ontem (15), que lhe tem como alvo principal.
A Polícia Federal pediu ao STJ para tomar medidas mais incisivas contra o governador, como uma condução coercitiva, mas o MPF sugeriu apenas mandados de busca e apreensão no momento, o que foi acatado pelo Ministro Raul Araújo.
Pelas informações já em poder da Polícia Federal e o que foi colhido na delação de Rita das Mercês, Anteros está apenas começando, basta acompanhar o despacho do Ministro.

Fonte: Heitor Gregório

terça-feira, 15 de agosto de 2017

RELEMBRANDO... DELEGADOS AFIRMAM QUE O GOVERNO GASTA MAIS COM FLORES. ROBINSON REBATE EM NOTA.

Delegados e escrivães da Polícia Civil do Rio Grande do Norte denunciaram que enquanto o Governo do Estado gasta com flores e eventos do Gabinete Civil, os investimentos na polícia despencaram entre os anos de 2015 e 2017.
Segundo o sindicato da categoria, a Adepol, nesse período o governo gastou R$ 645,5 mil em arranjos florais e eventos do Gabinete do governador Robinson Faria (PSD), enquanto a Polícia Civil recebeu apenas R$ 211,1 mil em investimentos.
A reportagem da edição da Tribuna do Norte desta quinta-feira (10) explora a denúncia. Segundo os policiais civis, não tem como combater a violência que castiga o Rio Grande do Norte com a falta de prioridade nos investimentos do Estado.
O governador Robinson, através de sua Assessoria de Comunicação Social, emitiu nota rebatendo os números da Adepol, e afirmando que o governo investe nas forças de segurança do Estado.

Fonte Glaucia Lima

POLÍCIA MILITAR DO RN TEM NOVO COMANDANTE.

O governador Robinson Faria trocou mais uma vez o comando da Polícia Militar no Rio Grande do Norte.
O diário oficial já trouxe a nomeação de José Osmar Macial de Oliveira , que estava como secretário adjunto da Secretaria de Segurança e Defesa Social. Ele substitui o coronel André Azevedo, que passou pouco mais de 7 meses no Comando da PM.
A troca acontece em meio a uma crise na segurança . Um PM, que acabou de entrar para a reserva, foi assaltado e morto enquanto pescava com amigos no Rio Potengi.

Fonte Virginia Coelli

DOIS AUXILIARES DO GOVERNADOR ROBINSON FARIA PRESOS.

A operação Anteros, deflagrada hoje pela Polícia Federal onde investiga o governador Robinson Faria por obstrução de justiça, culminou com a prisão de dois auxiliares do chefe do Executivo.
Foram presos (mandados de prisão temporária de cinco dias) Magaly Cristina da Silva e Adelson Freitas dos Reis, assistentes de confiança do governador. A primeira foi servidora na Assembleia Legislativa desde 1987, a convite de Robinson quando ele ainda era deputado estadual. Antes, Magaly trabalhava como secretária na empresa da família do governador.
A operação foi denominada ‘Anteros’, divindade grega que semeia a discórdia, o ódio, e prejudica a afinidade dos elementos.

Fonte Politica em Foco

OPERAÇÃO NO RIO GRANDE DO NORTE CUMPRE MEDIDAS JUDICIAIS A PEDIDO DO VICE-PGR.

Objetivo é apurar crimes supostamente praticados pelo governador do estado.

Uma operação realizada no Rio Grande do Norte, nesta terça-feira, 15 de agosto, apura crimes de organização criminosa e obstrução de justiça supostamente praticados pelo governador do estado. A pedido do vice-procurador-geral da República, José Bonifácio, o ministro Raul Araújo Filho, do Superior Tribunal de Justiça, determinou o cumprimento de 2 mandados de prisão e 9 de busca e apreensão.
As medidas judiciais apuram se o poder executivo estadual, com a ajuda de servidores, tentou obstruir investigações sobre o desvio de recursos públicos por meio da inclusão de funcionários fantasmas na folha de pagamento da Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Norte, entre os anos de 2006 até os dias atuais.
O subprocurador-geral da República José Flaubert foi designado para acompanhar os trabalhos no Rio Grande do Norte.

Fonte Assessoria de Comunicação Estratégica da Procuradoria-Geral da República

MPF DIZ QUE JOESLEY BATISTA ESCONDEU CRIMES NO BNDES.

Ministério Público afirmou também que deve processá-lo nas esferas penal e cível e exigir o ressarcimento de ao menos 1 bilhão de reais.

O Ministério Público Federal (MPF) considera que o empresário Joesley Batista e executivos da J&F não confessaram, em suas delações premiadas, crimes na liberação de recursos ao grupo pelo BNDES, e deve processá-los nas esferas penal e cível e exigir o ressarcimento de ao menos 1 bilhão de reais, afirmou uma fonte familiarizada com as investigações.
Joesley e executivos do grupo firmaram acordo de colaboração premiada em maio com a Procuradoria-Geral da República (PGR), que foi homologado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), e conseguiram uma imunidade penal — blindagem para não serem processados criminalmente.
Contudo, o procurador da República Ivan Marx, do Distrito Federal, decidiu manter as investigações que já vinha conduzindo desde 2014 sobre as operações envolvendo o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).
A avaliação feita pelo procurador é que, no acordo firmado com a PGR, o grupo omitiu crimes nas operações com o banco de fomento, e essa conduta não estaria acobertada pela imunidade do acordo de colaboração, disse a fonte à Reuters.
A notícia foi divulgada primeiramente pelo jornal O Estado de S. Paulo nesta terça-feira.
O representante do MPF –que tem autonomia funcional para atuar– considera que o acordo é contestável e deverá denunciar criminalmente executivos do grupo ao final das apurações, mesmo com a blindagem.
Ivan Marx conduz as investigações da operação Bullish, que, às vésperas do acordo de delação de executivos da J&F com a PGR, deflagrou uma fase para apurar as transações do grupo com o BNDES.
A Bullish estimou um prejuízo com as operações em ao menos 1 bilhão de reais, podendo chegar a até 8 bilhões de reais o suposto favorecimento indevido com as transações feitas entre 2007 e 2011, conforme uma auditoria realizada pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e uma perícia feita pela Polícia Federal.
Na ocasião, a operação deflagrada investigava crimes de gestão fraudulenta de instituição financeira, corrupção passiva e ativa e associação criminosa.
Em outra frente, o procurador da República também deve pedir, em uma ação de improbidade administrativa, o ressarcimento ao erário em pelo menos 1 bilhão de reais com as operações.
Ivan Marx não subscreveu os termos do acordo de leniência fechado no final de maio entre outros procuradores da República e o J&F no qual o grupo havia se comprometido a pagar 10,3 bilhões de reais a título de multa por atos praticados por empresas do conglomerado que estavam sob investigação.
Por isso, o procurador está disposto a mover uma ação de improbidade na Justiça Federal para reaver os recursos dessas operações irregulares com o BNDES. Até o momento, segundo a fonte disse à Reuters, ainda não há previsão para que as ações criminais e de improbidade administrativa sejam apresentadas à Justiça Federal de Brasília, uma vez que as investigações ainda estão sendo realizadas.
Procurada pela Reuters, a J&F não respondeu de imediato a um pedido de comentário.

Fonte: Ricardo Brito - Reuters/Exame.com
Foto: Cludio Gatti/Veja.com

LUIS GOMES: NO FACEBOOK DE CLÓVIS MARTINS...

O CARRO PROBLEMA
Depois de uma enorme repercussão sobre o valor do veículo alugado, a câmara de vereadores de Luis Gomes recua e publica errata informando que houve um equivoco no valor publicado no último dia 8.
O aluguel que ocorreu em junho, só teve a sua publicação no início de agosto e deixou todo o município abismado. De acordo com o documento, o carro teria sido alugado por um montante de R$ 30,000.00 (trinta mil reais) e por um período de seis meses, ficando um valor mensal de R$ 5,000.00 (cinco mil reais).
Já na errata, a presidência da câmara reduziu em cerca de 40% o valor do novo contato e ao invés dos seis meses anteriormente divulgado, agora são sete meses de vigência.
O assunto foi muito debatido nas redes sociais e grupos de whataap e por fim questionado pelo vendedor José Nunes Segundo através de uma transmissão ao vivo pelo facebook.
Talvez a pressão popular e a fiscalização dura da oposição tenha surtido efeito e tenha sensibilizado os contadores a revisarem o contrato e assim achar o "erro". 
Mas que erro!?

GORDO DO BALDUM DIZ QUE PREFEITO DE IPANGUAÇU ROUBOU O SUS.

Na campanha eleitoral do ano passado, o ex-vereador Jaíres Azevedo, o “Gordo do Baldum”, chamou o atual prefeito Valderedo Bertoldo, de ladrão do SUS, durante comício realizado em praça pública. Em inflamado discurso, Gordo do Baldum diz textualmente que Valderedo roubou o SUS e respondia a processo na Justiça pela prática do crime.
Até hoje, “Gordo do Baldum”, não fez nenhuma retratação pública das graves acusações que fez contra o prefeito Valderedo Bertoldo. Pelo contrário. Os dois andam conversando para fazer uma aliança política. Veja VIDEO gravado com as acusações.

Fonte Blog do VT

OPERAÇÃO ANTERUS: PF CUMPRE 2 MANDADOS DE PRISÃO E 9 DE APREENSÃO NO RN.

Operação apura crimes de organização criminosa e obstrução da justiça que teriam sido cometidos pelo governador.

A Polícia Federal deflagrou nas primeiras horas desta terça-feira, 15, operação Anterus para apurar crimes de organização criminosa e obstrução da justiça que teriam sido cometidos pelo governador do Estado, Robinson Faria (PSD).
Cerca de 70 policiais cumprem 11 medidas judiciais – duas de prisão e nove de busca e apreensão.
Os mandados foram expedidos pelo ministro Raul Araújo Filgo, da corte do Superior Tribunal de Justiça.
As manobras ilegais tinham por objetivo encobrir que fossem investigados atos do Governo do RN relativos ao desvio de recursos públicos por meio da inclusão de “funcionários fantasmas”, na folha de pagamento da Assembleia Legislativa entre os anos de 2006 até os dias atuais.

Fonte: Portal No Ar

POLÍCIA FEDERAL AMANHECE EM PRÉDIO ONDE RESIDE GOVERNADOR ROBINSON FARIA E PREFEITO CARLOS EDUARDO.

Em instantes...

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

CARRO DO DESEMBARGADOR CLÁUDIO SANTOS É TOMADO DE ASSALTO.

O carro do desembargador Cláudio Santos acaba de ser tomado de assalto na Rua Floriano Peixoto.
O motorista estava aguardando Dudu, filho do desembargador.
Foi levado refém e solto no Conjunto Gramoré.
Um Ford Ká de cor Branca, placa QGF – 0706.

Fonte Heitor Gregorio

PRÉ-CANDIDATOS MOLDAM DISCURSO ECONÔMICO PARA 2018.

Numa tentativa de superar as discussões sobre corrupção, pré-candidatos ao Palácio do Planalto têm se preocupado em moldar um discurso sobre economia que deverá nortear as campanhas em 2018. No foco do debate eleitoral a ser travado no ano que vem estão as reformas propostas pelo presidente Michel Temer (PMDB).
Até mesmo o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ), que costuma ser avesso ao tema em entrevistas e declarações, afirma que tem buscado ajuda de um nome do mercado financeiro para incorporar questões econômicas em seus discursos. Ele, porém, não revela quem é o profissional e diz apenas que é um "quatro estrelas". "Se eu disser o nome ele passará a ser perseguido e pode até ser demitido", disse quando questionado pelo Estado.
À frente nas pesquisas de intenção de voto, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é quem mais diretamente tem explorado o assunto, associando a agenda reformista ao impeachment de Dilma Rousseff.

Fonte Thiago Faria - O Estado de São Paulo/Ricardo Noblat

GOVERNO DEVE ANUNCIAR HOJE MUDANÇA DA META FISCAL

O presidente Michel Temer e os ministros da Fazenda, Henrique Meirelles, e do Planejamento, Dyogo Oliveira, terão hoje (14) a reunião final para definir em quanto vai aumentar a meta de déficit primário para este ano e para 2018. Em nota conjunta enviada na última quinta-feira (10), as duas pastas informaram que qualquer decisão será anunciada imediatamente depois de tomada.
O déficit primário é o resultado negativo nas contas do governo, desconsiderando os juros da dívida pública. Originalmente, a meta de déficit estava fixada em R$ 139 bilhões para este ano e em R$ 129 bilhões para o próximo. No entanto, a arrecadação ainda em queda e uma série de frustrações de receitas dificultaram o cumprimento da meta original.
Primeiramente, o Tribunal de Contas da União (TCU) mandou a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) refazer o edital do leilão de renovação de concessão de usinas hidrelétricas da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), que renderia R$ 11 bilhões aos cofres federais este ano.
A segunda versão do programa de regularização de ativos no exterior, conhecida como repatriação, arrecadou apenas R$ 1,61 bilhão, contra R$ 13 bilhões inicialmente previstos. As alterações na medida provisória que criou a renegociação especial de dívidas com a União também podem diminuir a previsão de arrecadação, caso o governo não consiga reverter essas mudanças.
Por fim, o governo teve de recuar de duas medidas que elevariam as receitas. O aumento do Programa de Integração Social e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (PIS/Cofins) sobre o etanol foi parcialmente revertido, reduzindo a previsão de arrecadação em R$ 501 milhões.
Na semana passada, o governo revogou a medida provisória (MP) que acabaria com a desoneração da folha de pagamento para 46 dos 52 setores beneficiados pela política. A MP, que trancava a pauta da Câmara dos Deputados, perdeu a validade na última quinta-feira (10) e foi revogada sem passar por votação. O governo enviará um projeto de lei sobre o assunto. A revogação resultará em perda de R$ 4,8 bilhões.
Incertezas
O governo enfrenta ainda incertezas com receitas extraordinárias. Em julho, o TCU emitiu um alerta de que a União terá dificuldades em arrecadar R$ 19,3 bilhões por causa de receitas de concessões que podem não entrar no caixa do governo em 2017. Além dos R$ 11 bilhões dos leilões de hidrelétricas, que não vão mais entrar nos cofres federais este ano, o governo fará um leilão de R$ 8 bilhões de concessões de petróleo e gás no próximo mês.
A equipe econômica também pretende concluir a venda de ações do Tesouro no IRB-Brasil, empresa que detém o monopólio do mercado de resseguros no país, e privatizar a Caixa Seguridade e a Lotex, empresa de loterias. As vendas, no entanto, precisam ser concluídas até outubro para que os recursos ingressem no caixa do governo ainda este ano.

Fonte: Agencia Brasil/IstoÉ

ARENA DAS DUNAS É DEPREDADA POR TORCEDORES DO AMÉRICA -RN.

Além de tumulto nas arquibancadas, em que a polícia precisou intervir, vândalos quebram banheiros, catracas e lixeiras após eliminação na Série D. Clube vai arcar com prejuízo.
A confusão iniciada por integrantes de uma torcida organizada do América-RN nas arquibancadas da Arena das Dunas após a eliminação da equipe na Série D do Campeonato Brasileiro, em que a Polícia Militar precisou usar gás de pimenta e bombas de efeito moral, também teve reflexo na área interna do estádio. Vândalos promoveram um verdadeiro quebra-quebra e depredaram vários ambientes da arena. Banheiros foram totalmente destruídos, portas quebradas, lixeiras arrancadas, catracas danificadas e até mesmo um quiosque foi colocado abaixo.
Fotos que circulam nas redes sociais mostram o cenário de terra devastada. O prejuízo ainda não foi calculado, mas o certo é que a conta será paga pelo América-RN - existe um acordo com a administração de que os danos ao estádio são descontados da renda da partida, que foi de R$ 356.940 neste domingo. O boletim financeiro do jogo não foi divulgado pela Confederação Brasileira de Futebol.
A Arena das Dunas e o América-RN ainda não se manifestaram sobre a depredação. Em campo, a Juazeirense segurou o empate por 1 a 1 e conquistou o inédito à Série C, enquanto o time potiguar terá que amargar mais um ano a Série D.
Após o jogo contra o Ceilândia, o América já havia realizado campanha para pedir que torcedores não depredassem cadeiras porque o prejuízo é arcado pelo clube. Na oportunidade, deixou de faturar R$ 5.500 da renda. Agora, com certeza, a conta será maior.












Fonte: Globo Esporte

domingo, 13 de agosto de 2017

EM ATO DA CUT, LULA DIZ QUE É ALVO DE PERSEGUIÇÃO DA JUSTIÇA.

Condenado a nove anos e seis meses de prisão na Operação Lava-Jato, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a dizer neste sábado que é vítima de perseguição da Justiça. Em clima de campanha antecipada, o petista discursou para sindicalistas da Central Única dos Trabalhadores (CUT), na quadra da escola da samba Império Serrano, no Rio.
Lula repetiu ataques que tem feito às investigações contra ele. O ex-presidente disse que o objetivo dos investigadores é fazer com que a sociedade “esqueça que o Lula existiu”. Na véspera, o petista já havia criticado a Lava-Jato, alegando que a força-tarefa de Curitiba é um “partido político”. Na ocasião, ele participava de um ato político na Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), que também teve presença da ex-presidente Dilma Rousseff.
Neste sábado, Lula disse aos sindicalistas que é perseguido politicamente. Ele planeja iniciar, nos próximos dias, um périplo por estados do Nordeste para se defender das acusações.
— O que eles querem é criar uma animosidade na sociedade para que a sociedade esqueça que o Lula existiu — declarou o petista, que pegou crianças no colo antes de discursar.
Lula foi condenado à prisão pelo juiz Sergio Moro pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Ele recorre da sentença no Tribunal Regional Federal (TRF-4). O ex-presidente também réu em outras seis ações penais, quatro delas na Lava-Jato.
Como resposta política às ações, Lula tem dito que se candidatará à Presidência no ano que vem — ele pode ter sua candidatura barrada pela Leia da Ficha Limpa caso a condenação seja confirmada pelo TRF-4.

Fonte: O Globo

POUCA VERGONHA: TRT/BA VAI CONTRATAR EMPRESA DE PERSONAL TRAINER PARA ASSESSORAR MAGISTRADOS EM COMIDAS E CAMINHADAS.

Inteiramente alheio à crise que o Brasil enfrenta, o Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região, em Salvador, fará licitação para contratar uma empresa de “personal trainer” a fim de que magistrados e servidores entrem em forma por nossa conta. No horário de trabalho, certamente.
Fonte: Blog do BG

ROBINSON FARIA CELEBRA SAIDINHA DE PRESOS.

Que é um direito, sabemos. Mas, não se faz necessário enaltecer tanto assim...
O governador do Rio Grande do Norte, postou em sua pagina da rede social twitter, em tom de celebração, a saidinha de presos do sistema penitenciário. Ao que parece, Robinson Faria quis enaltecer a notícia veiculada na folha, como sendo fato de  relevância benéfica , contrário a matérias publicadas quando da maior rebelião. Mais uma vez, o governador mostra o senso de absurdo que norteia sua administração ineficaz e inútil.

sábado, 12 de agosto de 2017

MARCELINO VIEIRA: AURIVONES APRESENTA INDICAÇÃO QUE BENEFICIA UNIVERSITÁRIOS.

Na reunião ordinária de ontem (11/08), o vereador Dr. Aurivones Alves apresentou uma indicação, na qual sugere ao prefeito, que seja enviado um projeto de lei para o legislativo criando ajuda financeira para os estudantes universitários de famílias carentes do município.
O vereador explanou sobre as dificuldades vividas pelos universitários, principalmente os que moram em outras cidades, onde além dos gastos com aluguel e mantimentos pessoais, existem também os gastos com materiais acadêmicos, como livros, xérox etc.
A indicação foi apoiada por todos os vereadores, reconhecendo de fato as dificuldades financeiras enfrentadas pelos universitários mesmo estudando em universidades públicas.

Fonte Blog do Aurivones Alves


RN ATINGE MARCA DE 1.500 HOMÍCIDIOS EM 2017, DIZ INSTITUTO.

O Rio Grande do Norte segue apresentando altos índices de crimes contra a vida. Segundo levantamento feito pelo Observatório da Violência Letal Intencional (OBVIO) – instituto que contabiliza e analisa delitos dessa natureza – o estado chegou a 1.500 assassinatos registrados somente este ano. O número foi atingido nesta sexta-feira (11) e a média de vítimas por 100 mil habitantes é de 42,77.
“A violência e a insegurança são promovidas pelo próprio governo do Rio Grande do Norte, quando, para se esquivar de sua responsabilidade, insiste em criar bodes expiatórios para seus próprios erros. A prova disso é que chegamos a 1500 CVLIs (Condutas Violentas Letais Intencionais) nesses 222 dias de 2017”, critica o especialista em gestão e políticas de segurança pública Ivenio Hermes, que também é coordenador do Observatório.
O G1 procurou a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Sesed) para comentar os dados e a ainda aguarda o retorno da pasta.Em comparação ao mesmo período do ano passado, ou seja, levando em consideração a quantidade registrada de pessoas vítimas de homicídio entre 1º de janeiro e 11 de agosto de 2016, o ano de 2017 já contabiliza um crescimento de 25,2%.
“A não ser que o governo esconda os dados da violência, 2017, indubitavelmente, já entrou para a história como o ano mais violento do Rio Grande do Norte”, atesta Hermes.
“Governo usa empirismo para resolver problema da segurança”
“Na contramão de uma gestão transparente, o governo confunde gastos de custeio e folha de pagamento com investimentos reais em segurança pública, e ainda culpa ex-secretários, ex-comandantes da PM, o governo anterior, as fronteiras, a imprensa e qualquer um que possa ser a bola da vez para receber a culpa num lugar de um governo que usa o empirismo para resolver o problema complexo que é a segurança pública”, reclama Ivenio Hermes.
Para o pesquisador, as estratégias de gestão adotadas pelo Poder Executivo são frágeis e ineficazes. “No início do mês de julho o governo divulgou uma estatística manipulada para dizer que fazia três meses que estava reduzindo a violência, como se um período de 3 meses fosse o suficiente para aferir resultados em segurança pública E a resposta veio a galope: o mês mais violento do ano, julho, apagou a afirmação do governo, o mês de agosto está servindo para mostrar o quão frágeis são as estratégias de gestão”, corrobora.
Além de homicídios dolosos, entram na estatística elaborada pelo OBVIO outros crimes violentos que resultem em morte, como roubo (no latrocínio), estupro ou lesão corporal seguidos de morte. Cadáveres e ossadas encontradas e mortos em confrontos policiais também são considerados.
Homicídios por cidades
Em Natal, foram 392 assassinatos entre 1º de janeiro e o dia 11 de agosto. Na lista das cidades mais violentas do estado, também preocupam:
Mossoró, com 150 homicídios contabilizados;
Ceará-Mirim, com 105;
Parnamirim, com 93;
São Gonçalo do Amarante, com 67
Macaíba, com 59;

Fonte: Damião Silva/Blog Santoniense

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

PATU: PREFEITURA INICIA MUTIRÃO LIMPEZA PÚBLICA.

A prefeitura de Patu, através da Secretaria Municipal de Infraestrutura, e Departamento de Limpeza pública, iniciou esta semana um grande mutirão de limpeza pública. Os trabalhos que foram iniciados pelo pé da serra, irá se estender por toda à cidade, mobilizando assim diversas equipes.
As ações foram definidas em reunião realizada no gabinete do prefeito Rivelino Câmara, que contou com as presenças do Secretário de Infraestrutura e Serviços Urbanos, Hélio Azevedo e o chefe do departamento de Limpeza Pública, Tony Caiana, além do secretário adjunto de infraestrutura, Thiago Campelo.
"Montamos uma grande equipe para realizarmos uma força tarefa já a partir desta semana, para intensificar as ações de limpeza de todas as vias públicas da nossa cidade, mantendo assim, ruas limpas e uma cidade ainda mais bela", ressaltou o prefeito Rivelino.
O secretário de infraestrutura, hélio Azevedo, lembra que as equipes de limpeza pública, precisam da colaboração de toda a população para que os trabalhos sejam realizados com mais eficiência e rapidez. "Precisamos da colaboração de todos que fazem a nossa comunidade, pois só assim poderemos desenvolver ações permanentes para manter o nosso município sempre limpo e organizado", disse.

Fonte: Bruno Campelo/Secretaria de Comunicação Social

ESTUDO ENTREGUE PELA FECOMÉRCIO MOSTRA COMO EVENTO SE TRANSFORMOU NUM "ARRAIAL", MAS PODE CRESCER.

Apesar de forte potencial, Cidade Junina virou “festa caseira”.

O Mossoró Cidade Junina (MCJ) 2017 foi uma festa superdimensionada pela propaganda oficial. Na prática, o evento em sua 21ª edição deu mostras de encolhimento, segundo pesquisa quanto ao perfil do seu público. Mas ao mesmo tempo, é um produto “feito”, que sendo bem trabalhado poderá voltar a ter dimensão maior – com resultados superlativos à economia e imagem de Mossoró.
O Cidade Junina 2017 não passou de um “arraial”, longe de impulsionar o turismo e de fomentar o meio circulante com turistas de outras regiões do país ou até do exterior. O dinheiro “novo”, de fora para dentro, foi parcela mínima do movimento gerado pela festa.
Essas impressões são facilmente identificadas no trabalho científico levantado entre os dias 22 e 25 de junho, realizado pelo Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Comércio (IPDC), órgão auxiliar da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RN (FECOMÉRCIO/RN).
À tarde de hoje, o presidente da Fecomércio/RN, Marcelo Queiroz, acompanhado de comitiva empresarial de Mossoró, entregou à prefeita Rosalba Ciarlini (PP) no Palácio da Resistência (sede da municipalidade), a íntegra da pesquisa realizada pelo IPDC.
Uma festa caseira
A maior parte (74%) dos entrevistados que esteve no Mossoró Cidade Junina era da própria cidade. Daí o conceito de “festa caseira”. Pessoas que saíram dos bairros, de suas residências, para a área do evento. Entretanto a pesquisa diagnosticou a presença de 26% de turistas e visitantes no município durante o evento, sendo estes com vários propósitos, entre eles: visitar, conhecer a cidade e participar dos festejos.
VEJA A MATÉRIA COMPLETA AQUI

Fonte: Carlos Santos

NOTA DO GOVERNO DO ESTADO.

A respeito da repercussão de declarações sobre a cobertura da imprensa com relação a casos de violência no Rio Grande do Norte, o Governo do Estado vem a público esclarecer que:
1 – O governador Robinson Faria sempre manteve uma relação não só de respeito, mas de amizade com a imprensa potiguar. É a imprensa uma das grandes parceiras para o desenvolvimento do Rio Grande do Norte e não houve da parte do governador a intenção de desmerecer o sério trabalho jornalístico dos veículos de comunicação do nosso Estado;
2 – Ao comentar a cobertura da imprensa na área de segurança, o governador demonstra preocupação com a disseminação da sensação de medo à população, desproporcional à realidade, que já é duríssima;
3 – O combate à violência é responsabilidade do governo, que tem assumido com coragem, postura de acompanhamento e cobrança permanentes e disposição de vencer essa guerra, reflexo de uma problemática que aflige todo o país;
4 – Não há como retomar o sentimento de segurança e paz sem uma aliança inquebrantável entre governo, imprensa e sociedade.
Assessoria de Comunicação - Governo do Estado do RN



TEMER QUER COLOCAR PARA ANDAR PROJETO DE LEI "DOS ENDIVIDADOS".

Quer se associar a uma boa notícia.

Michel Temer gostou muito do que ouviu ontem de um deputado no voo de Brasília até o Rio de Janeiro. Em pouco mais de uma hora — duração do trajeto –, o deputado Alexandre Valle (PMDB-RJ) apresentou ao presidente o Projeto de Lei 7590/2017.
O tal PL é como uma Lei das Falências para a pessoa física endividada, estabelecendo a figura de um juiz para auxiliar na negociação e fixação de valores dentro do orçamento da família.
O presidente e o ministro de Governo Antônio Imbassahy, também presente no avião, avaliam que o projeto é uma oportunidade de associar a imagem de Temer a pelo menos uma boa notícia. Ele pediu para o tucano acelerar os trâmites do PL na Câmara.

Fonte: pedro Carvalho/Veja.com

JUSTIÇA CONDENA EX-FUNCIONÁRIOS DA ANTIGA FEBEM POR TORTURA.

Foram listadas 111 vítimas, e as provas incluem exames de corpo de delito em que podem ser constatadas lesões por espancamentos.

Doze anos depois de serem denunciados pelo Ministério Público Estadual (MPE) por uma violenta surra a menores infratores atendidos pela antiga Fundação Estadual para o Bem Estar do Menor (Febem) – atual Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente (Fundação Casa) de São Paulo -, 12 acusados pela agressão foram condenados pela Justiça paulista por crime de tortura.
Os crimes ocorreram em 2005. Em nota, a Fundação Casa informou que, na época, todos os envolvidos foram demitidos, mas que, por decisão judicial, dois deles tiveram de ser reintegrados ao quadro de servidores.
No comunicado, a instituição afirmou que “não tolera qualquer tipo de violência e desrespeito aos direitos humanos”.
De acordo com a Fundação Casa, a unidade onde os adolescentes foram agredidos, no bairro de Vila Maria, na zona norte da cidade, foi extinta em 2007. No local, atualmente, 64 jovens internos recebem atendimento socioeducativo.
Em sua decisão, o juiz Fernando Cesar Carrari, da 26ª Vara Criminal do Fórum Barra Funda, considerou que os agressores agiram com “extrema crueldade”, averiguada em provas periciais.
Para dez dos 12 condenados, ele determinou pena de dez anos e seis meses de prisão em regime, inicialmente, fechado.
Outros dois réus pegaram penas mais leves, de um ano e dois meses de detenção em regime inicial aberto. Em todos os casos ainda cabe recurso.
Promotoria
Para o promotor Alfonso Presti, do MPE, as punições foram brandas. “Acho que as penas foram insuficientes”, disse.
Ele já entrou com recurso pedindo a revisão das penas e também das absolvições. No processo de mais de 1,1 mil páginas, foram arrolados 55 réus – a maioria foi absolvida.
Presti observou que na denúncia do MPE foram listadas 111 vítimas, quantidade bem acima da avaliada pela Justiça (85). Segundo ele, a Justiça entendeu que os menores não promoveram uma rebelião, mas estavam em condição de vulnerabilidade.
Além de um vídeo, o conjunto de provas inclui exames de corpo de delito em que podem ser constatadas lesões por espancamentos no dorso, na cabeça e nos braços, “indicando um comportamento de defesa e não de ataque, pois se assim fosse as lesões estariam nos punhos”.

Fonte: Agência Brasil/Exame.com

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

RAPIDINHAS DO RNPOLITICAEMDIA...

ÁGUA NOVA:
O silêncio é sepulcral. O opa, opa do bloco oposicionista sobre outra eleição, calou-se. Não tem mais nenhuma novidade? Assim, é como o líder governista Iromar Carvalho quer: tudo como antes...
ALMINO AFONSO:
Ver-se claramente que o nome de Lawrence Amorim tem crescido em várias cidades do RN, para quem sabe disputar a câmara federal. Fácil não é, mas diante da fragilidade moral de muitos, o rapaz que é ex-prefeito alminoafonsense, pode surpreender. Não tem mácula e é repleto de boas ideias, já conta com apoio de quem antes não se imaginava. Anotem aí...
CORONEL JOÃO PESSOA:
Com uma votação expressiva nas eleições de 2016, para a vereança na pequenina e aconchegante cidade de Coronel João Pessoa, tem ganho ganho admiração de alguns ocupantes de cargos eletivos, inclusive do deputado Kelps Lima, do Solidariedade. Integrante do Projeto Jovens Líderes, tem aprendido mais e mais sob a arte da política. E fica um aviso: pode já em 2018, arriscar outra disputa. Se vingará ou não, não se sabe. Mas que se mantiver o relacionamento que está sendo com figuras do cenário político do RN (sem nenhum dos deputados federais dos clãs que sempre mandaram no estado), tem tudo para muito em breve emplacar algo mais, digamos, substancial no município.
MARCELINO VIEIRA 1:
Recebi um e-mail, onde um leitor do blog questiona a volta de Ednaldo Vieira, a residir no município vieirense. "Muita gente vai ficar sem o apoio que tem hoje, em Natal. Ele faz muito por muitos. Deste o restaurante onde fazem refeiçoes, até o leva e trás de clínicas", disse o e-mail.
MARCELINO VIEIRA 2:
Ednaldo Vieira, que reside na capital potiguar, porém comparece a todas as sessões, disse ao blog que após a formatura do seu filho, voltará a fixar moradia no município que legisla. Por isso o e-mail de um provável eleitor...
MARTINS:
Pois não é que um vereador teve a coragem e petulância de recriminar o blog por causa da postagem em que citamos que Françoar Ferreira poderá ser o candidato ao 2º biênio do legislativo, apoiado pela prefeita Olga Fernandes, em caso de nova eleição...
E não foi o Françoar que doeu-se. Foi um outro que tomou as dores. Pode???
CUIDADO COM A FT...
Ontem, soube por meio de uma fonte fidedigna, que corre-se um sério risco da Força Tarefa ir até uma certa prefeitura.
E entendam muito bem: FT não é unidade da grandeza física. Não confundam. FT = Força Tarefa.
Vixe... caldo de galinha e canja nunca fez mal a ninguém. É bom ficarem de antenas ligadas.
Se for verdade, não ficará pedra sobre pedra naquele município ali. Aliás, de pedra a cidade tá mesmo precisando para ajudar a edificar uma certa obra onde só foi dado o ponta pé...
NUMA CIDADEZINHA ACOLÁ 1...
Dias atrás, uma paciente necessitou de atendimento médico. Ao chegar ao hospital da cidade em tela, o médico que estaria atendendo, havia entrado para o centro cirúrgico, para operar. Até aí, tudo bem.
Mas não se faria necessário se ter um me´dico de plantão, para atendimento de outros pacientes? 
Ou os pacientes só poderiam adoecer depois que fossem concluídas as cirurgias?
NUMA CIDADEZINHA ACOLÁ 2...
Sem atendimento médico devido, foi a paciente supracitada, socorrida por uma enfermeira e/ou auxiliar de enfermagem. Com cansaço, devido ao calor e forte gripe, lhe foi aplicado nebulização.
Porém, a máscara de nebulização estava com vazamento no local onde encaixa a mangueira. Descuido, descaso...
VEREADOR DISPUTADO PELO QUINTETO:
O vereador Júnior de Mourão, de Almino Afonso, estaria sendo disputado por três deputados estaduais, que tentarão a releição e dois novatos na luta por uma cadeira no parlamento estadual. Com uma votação astronômica em 2016, quando alcançou quase 15% dos votos válidos, Júnior parece assistir de camarote as propostas que aparecem. Perguntamos ao edil afonsense, se teria veracidade da disputa que estão travando para leva-lo para apoiar A OU B. Ele negou, mas sabemos que essa negativa dele é só "fachada".


APÓS DEPOIMENTO, JOESLEY DEIXA A PF SEM FALAR COM A IMPRENSA.

De acordo com o MPF, os controladores da JBS podem ter evitado a perda de R$138 milhões com a venda de ações às vésperas de assinarem acordo de delação.

Após quase cinco horas de depoimento, o empresário Joesley Batista, dono da JBS, deixou a sede Superintendência da Polícia Federal em São Paulo, no início da tarde de hoje (9), sem falar com os jornalistas. Ele prestou depoimento em ação que investiga a venda de ações da empresa após acordo de delação, e saiu acompanhando de seu advogado sem dar entrevista.
De acordo com o Ministério Público Federal, os controladores da JBS podem ter evitado a perda de R$138 milhões com a venda de ações às vésperas de os executivos da empresa assinarem acordo de delação premiada. A operação é conhecida como crime de insider trading, o uso indevido de informação privilegiada para obter ganhos no mercado financeiro.
No mesmo processo, o irmão de Joesley, Wesley Batista, prestará depoimento na tarde desta quarta-feira em São Paulo.

Fonte: Agência Brasil/Exame.com

DESEMBARGADOR CONFIRMA DECISÃO DE MORO E MANTÉM PRESO EX-PRESIDENTE DA PETROBRÁS.

Defesa queria liberdade para Aldemir Bendine ou substituição por outras medidas cautelares, caso da prisão domiciliar.

O desembargador João Pedro Gebran Neto, relator da Lava Jato no Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região, negou, nesta segunda-feira (7), liminar em habeas corpus ao ex-presidente da Petrobras Aldemir Bendine. O criminalista Pierpaolo Bottini, que defende Bendine, argumentou ao TRF4 ser desnecessária a prisão preventiva decretada pelo juiz Sergio Moro por entender que não há, entre outros elementos, indicativo concreto de que seu cliente esteja ocultando patrimônio. Bottini afirmou também que não é possível atribuir a Bendine intenção em prejudicar a colheita de provas com base no fato de que o ex-presidente da Petrobras usava um aplicativo no celular com recurso de autodestruição de mensagens.
Bottini pretendia a liberdade de seu cliente ou a substituição por outras medidas cautelares, caso da prisão domiciliar. Na decisão, Gebran Neto afirmou ser "inviável" o pedido e que não há ilegalidade na decisão de primeiro grau. O mérito do habeas corpus será analisado pela Oitava Turma do TRF4, responsável pelos recursos relacionados à Lava Jato.

Fonte: Marcelo Rocha/Época

SINDICADO DOS JORNALISTAS EMITE NOTA REPUDIANDO POSIÇÃO DE ROBINSON FARIA EM CULPAR IMPRENSA PELO DESCASO

NOTA
O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Norte reprova veementemente a declaração dada nesta terça-feira (8) pelo Governador Robinson Faria de que o trabalho da imprensa potiguar é um dos responsáveis pela sensação de insegurança nos cidadãos potiguares. A declaração do governador desrespeita toda a classe jornalística, além de querer mascarar uma realidade vista nas ruas do Estado e confirmada através de dados de pesquisas e instituições como o Atlas da Violência e o Observatório da Violência Letal Intencional do RN (OBVIO).
Num estado onde o número de assassinatos já se aproxima dos 1.500 só em 2017 e que facções impõem medo em diversas partes do Estado, não cabe à imprensa resolver este problema. Isto deve ser uma postura de Governo. À imprensa cabe noticiar os fatos e não omitir informações e dados públicos à sociedade, e é o que colegas jornalistas têm feito todos os dias.
Minutos após a equivocada declaração do Governador a uma emissora de rádio de Natal, um tio da primeira dama, Julianne Faria, foi baleado durante o enésimo assalto a uma farmácia da capital potiguar. Precisa dizer algo mais?
Reforçamos nosso apoio aos colegas jornalistas em seu trabalho vital para a sociedade potiguar, e nos solidarizamos com as milhares famílias e vítimas de violência no Rio Grande do Norte.


NOTA DO RNPOLITICAEMDIA:
Governador, já que o senhor não tem nenhuma competência administrativa. Não sabe nem mesmo como gerir uma bodega, dirá um estado, não procura culpar aqueles que trabalham para levar esclarecimentos a população. Sua impotência em governar o Rio Grande do Norte, é pública e notória. 
Mesmo sendo incompetente como governante, não procure culpados a imprensa potiguar pela ausência de capacidade.

A CULPA DA INSEGURANÇA NÃO É DA IMPRENSA E SIM DO GOVERNO.

O governador Robinson Faria (PSD), culpou à imprensa pela sensação de insegurança que vive o RN. Foi ontem (08), em entrevista ao Jornal das Seis, na 96 FM.
Em um passado recente, quando Robinson era vice rompido com a governadora Rosalba Ciarlini, e prometia que seria o governador da Segurança, diariamente o tema era abordado em suas redes sociais.
Aliás, naquela época, Robinson se dizia um especialista em Segurança Pública.
Fonte: Heitor Gregório


MARTINS: E O ASSUNTO DAS VAIAS NO FESTIVAL GASTRONÔMICO AINDA É PAUTA DE SITES E BLOGS.

Nunca na história da bela e turística cidade de Martins, vaias foram tão comentada. Aliás, sonoras vaias.
Refiro-me as que políticos sofreram quando anunciados os nomes destes. Em especial, do senador José Agripino Maia, que creio se arrependeu amargamente de ter subida a serra da terra de Martins. Ouvi dizer, que até do Sertão, mais precisamente da calçada da casa do vereador Erasmo, se escutava o humuhumuhumuhum... 
Mas na segunda-feira última, a jornalista Thaísa Galvão, deu ênfase a um fato que o blog não sabia. Segundo a editora do blog homônimo, a vaia foi maior ainda, quando a prefeita Olga Fernandes resolveu dar um carão no povão...
Imaginando aqui, como a gestora teria feito tão desgastante ato. Demorando a acreditar...